11 de jul de 2011

Comitê da bacia do São Francisco busca alternativas de revitalização


Próximo a nascente
O agricultor Josival Amorim tem uma propriedade de 30 hectares com cultivo irrigado de manga e uva. A área fica a quase 10 quilômetros do Rio São Francisco, na zona rural de Petrolina, sertão de Pernambuco. Josival diz que o rio é o bem mais valioso que há na região sob todos os aspectos, principalmente para a agricultura e geração de energia.
Mas durante os últimos anos, o Rio São Francisco tem sofrido com o mau uso dos recursos. A poluição e o desmatamento da mata ciliar têm mudado o cenário do Velho Chico.
O assoreamento é uma das respostas que o Rio São Francisco tem dado às agressões que têm sofrido. Hoje, por exemplo, é possível andar tranquilamente em uma área onde a profundidade deveria ser de, no mínimo, três metros. A altura da água agora não passa dos 30, 40 centímetros.
O comitê da bacia hidrográfica do Rio São Francisco, responsável pela gestão dos recursos hídricos do rio, esteve reunido em Petrolina para discutir projetos que tragam soluções urgentes para os problemas que ameaçam a sobrevivência da riqueza natural.
O Ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, disse que estão sendo criados programas de revitalização. Por ano, serão investidos aproximadamente mais de R$ 3 bilhões.
Fonte: G1

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por comentar e visitar nosso blog.

 

Atualmente

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

.