18 de mai de 2010

Congresso pode proibir a palmada

Congresso Nacional discute projeto que proíbe a aplicação de castigos físicos nos filhos, mesmo que a punição tenha caráter pedagógico.
A famosa "palmadinha educativa" nos filhos pode estar com os dias contados. Um projeto de lei pretende acabar com todo tipo de castigo físico para as crianças.
“Eu acho que não deve bater demais, mas uma palmadinha de vez em quando é bom”, acredita uma mãe.
“Não machucando é o jeito mais certo de criar filho”, diz o pai.
“Eu sou contra agressões de qualquer forma. Eu acho que conversando com seus filhos você consegue”, acredita outra mãe.
Ás vezes é difícil não perder a paciência. Filho tira mesmo os pais do sério. Na casa do João, de cinco anos, a crise sempre começa na hora de parar de brincar, de ver televisão para fazer o dever de casa.
“Ele grita, ele fala pro papai do céu que não queria mais essa mãe, que quer trocar de mãe e birra e grita e pede ajuda”, revela Mariana Cheim, mãe de João.
Mariana é carinhosa, mas só consegue acabar com a manha do filho dando uma palmadinha. “Você fala uma vez, fala duas vezes, mostra a terceira, mostra a quarta, mostra a quinta aí daí... Porque eu acho que tem horas que o diálogo não resolve”, conta.
Com Mateus, de sete anos, é bem diferente. A mãe nunca recorre as palmadas, mas o garoto ajuda, é muito obediente. Não reclama nem na hora de fazer a lição de casa.
Sueli, diz que o comportamento do filho é resultado de muita conversa. “A gente tem aquele certo diálogo e ele obedece e ele entende e ele me respeita”, garante Suely Bezerra, mãe de Mateus.
O congresso nacional discute um projeto que proíbe a aplicação de castigos físicos, moderados ou não, nos filhos, mesmo que a punição tenha caráter pedagógico.
Na prática seria o fim da tal "palmadinha educativa". Os pais que desobedecerem a lei podem ser obrigados a fazer tratamento psicológico ou psiquiátrico, junto com as crianças.

Fonte: G1

16 de mai de 2010

Dia do profissional de limpeza 16 de maio

No Brasil, os garis são os profissionais da limpeza que recolhem o lixo das residências, indústrias e edifícios comerciais e residenciais, além de varrer ruas, praças e parques.
Também capinam a grama, lavam e desinfetam vias públicas.
Dia do Gari
Gari
Em Portugal, eram conhecidos como almeida, em homenagem a um cidadão com Almeida no nome que foi diretor geral da limpeza urbana da capital portuguesa.
O nome gari também é uma homenagem a uma pessoa que se destacou na história da limpeza da cidade do Rio de Janeiro - o francês Aleixo Gary.

EM HOMENAGEM A GARY

O empresário Aleixo Gary assinou contrato em 11 de outubro de 1876 com o Ministério Imperial para organizar o serviço de limpeza da cidade do Rio de Janeiro.
O serviço incluía remoção de lixo das casas e praias e posterior transporte para a Ilha de Sapucaia, onde hoje fica o bairro Caju.
Ele permaneceu no cargo até o vencimento do contrato, em1891.
Em seu lugar, entrou o primo Luciano Gary.
A empresa foi extinta um ano depois, sendo criada a Superintendência de Limpeza Pública e Particular da Cidade, cujos serviços deixavam a desejar.
Em 1906, a superintendência tinha 1.084 animais, número insuficiente para carregar as 560 toneladas de lixo da cidade.
Assim, da tração animal passou-se à tração mecânica, e depois ao uso do caminhão.

Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

16 de maio dia do profissional de limpeza

Dia do profissional da limpeza

Viver em uma cidade de ruas limpas e conservadas é desejo de todos. Mais que isso, é direito de cada cidadão. No dia do Gari - 16 de maio - a Turma do Plenarinho aproveita para mandar um abração de agradecimento para esse profissional que cuida desse nosso direito.
Dia do Gari
Afinal, é ele que cuida das cidades e também da nossa saúde. Por que da nossa saúde? Porque todos sabem que em ambiente limpo, dificilmente os bichinhos transmissores de doenças sobrevivem. Eles gostam mesmo é de sujeira!

A profissão

Sabia que a profissão de gari surgiu no tempo do Império, na cidade do Rio de Janeiro? Tudo começou quando um empresário chamado Aleixo Gary assinou contrato com o governo para organizar o serviço de limpeza das ruas e praias da cidade.
De lá pra cá, os coletores de lixo trabalham todos os dias com seriedade e dedicação, apesar da profissão ser árdua e da jornada de trabalho ser sacrificante. Faça chuva, faça sol, lá estão os profissionais da limpeza recolhendo o lixo das residências, indústrias e edifícios comerciais e residenciais, varrendo ruas, praças e parques. Também capinam a grama, lavam e desinfetam vias públicas. Ufa!!

Coleta seletiva

Coleta seletiva
Mas sabia que a gente pode facilitar a vida do gari e, ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente? Como? Simplesmente separando o nosso lixo de cada dia. Isso se chama coleta seletiva. Veja o que disseram os garis que trabalham na Câmara sobre esse assunto. Eles foram entrevistados pela Xereta, repórter de plantão.
O coletor Carlos Alberto de Brito, 39 anos, casado, sem filhos, trabalha há 9 na profissão. Ele é um dos responsáveis pelo recolhimento do lixo de um dos edifícios da Câmara, o Anexo IV, onde ficam os gabinetes dos deputados. "Nós trabalhamos em equipe para não sobrecarregar ninguém". Ele contou ainda que é muito bem tratado por todos os funcionários do local, que têm cuidado na hora de separar e embalar o lixo. "Desde que começou a coleta seletiva na Câmara, melhorou muito o nosso trabalho", contou Carlos.
A coleta seletiva é importante porque se aprende a separar e embalar o lixo. Um coletor pode se cortar enquanto está pegando o lixo, por isso é preciso ter cuidado com a forma de embalar vidros e outros materiais cortantes, lembra Pedro dos Santos Pereira, outro coletor da Casa, de 38 anos, casado e pai de dois filhos. Ele também trabalha na Câmara há 9 nove anos. O pedido dele é que as pessoas se conscientizem da importância da separação correta do lixo. “É preciso separar o lixo em casa também. A preservação do meio ambiente começa na coleta feita de maneira adequada".
Lata de Lixo
Assim como os colegas, Rejeane Dias, 27 anos, trabalha das 7 às 11 horas e das 13 às 16 horas, no Eixo Monumental bem em frente ao Congresso Nacional. Ela limpa as calçadas da Esplanada dos Ministérios. Sem filhos, conta que se tornou gari para ajudar o marido com as despesas. Trabalhar com sol e chuva não é problema, mas enfrentar o desrespeito das pessoas admite ser muito complicado. “Quando estamos limpando tem gente que está perto da lixeira e joga o lixo na rua, dizem que somos pagos para limpar, e que se não sujarem a gente perde o emprego. Uma vez atiraram uma ponta de cigarro em uma colega”, lembra.
E a Turma do Plenarinho lembra que ser cidadão é respeitar o outro.
É, galera, com respeito e com o lixo separadinho é possível fazer muita coisa. Uma delas é reutilizar materias descartados (jogados fora). Isso se chama reciclagem.

Reciclagem

Reciclagem
Desde 2004, a Câmara transfere seus papéis e plásticos usados para a Associação de Materiais Recicláveis de Brasília (Brascicla). A venda do material para reciclagem é transformada em renda para cerca de 300 catadores de lixo do Distrito Federal.
A reutilização do material é muito importante, não apenas para diminuir o acúmulo de lixo, como também para poupar a natureza. Veja como fazer a coleta seletiva e dar a sua parcela de contribuição na preservação do meio ambiente.

Passo a passo

1. Procure o programa organizado de coleta de seu município ou de uma instituição, entidade assistencial ou catador que colete o material separadamente. Veja primeiro o que a instituição recebe. Não adianta separar, por exemplo: plástico, se a entidade só recebe papel.
2. Para uma coleta de maneira ideal, separe os resíduos em não-recicláveis e recicláveis e dentro dos recicláveis separe papel, metal, vidro e plástico.
3. Veja exemplo de materiais recicláveis:

Papel

Jornais, revistas, formulários contínuos, folhas de escritório, caixas, papelão, etc.

Vidros

Garrafas, copos, recipientes.

Metal

Latas de aço e de alumínio, clipes, grampos de papel e de cabelo, papel alumínio.

Plástico

Garrafas de refrigerantes e água, copos, canos, embalagens de material de limpeza e de alimentos, sacos. 

4. Escolha um local adequado para guardar os recipientes com os recicláveis até a hora da coleta. Antes de guardá-los, limpe-os para retirar os resíduos e deixe-os secar naturalmente. Para facilitar o armazenamento, você pode diminuir o volume das embalagens de plástico e alumínios amassando-as. As caixas devem ser guardadas desmontadas.

Outros produtos

Garrafa pet
Garrafa pet transformada em miniestufa
Sabia que os objetos reciclados não são transformados nos mesmos produtos? Por exemplo, garrafas recicláveis não são transformadas em outras garrafas, mas em outros materiais, como enfeites, solados de sapato e até vaso de plantas (foto).

Cuidados

A reciclagem aumenta o tempo de vida útil de um material, porém é preciso ter cuidado ao usar material reciclado. Ao se reciclar o papel, por exemplo, pode ser contaminado porque suas fibras diminuem, tornando-o impróprio para embalagem de alimentos ou medicamentos.
Por tudo isso, além de guardar de forma limpa e organizada os produtos recicláveis e usá-los da maneira correta, o mais importante é evitar o consumo exagerado e desnecessário de produtos que provocam a destruição de recursos naturais, e cujo descarte poluem o meio ambiente. O melhor mesmo é “economizar” a natureza. 

Fonte: www.plenarinho.gov.br

Vida de dependentes químicos



É uma super matéria, prestem bem atenção no que vocês verão agora.

Fonte: TV Seridó

PARELHAS VIVE CAMPANHA DE COMBATE AO ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Várias ações estão sendo planejadas em Parelhas para a mobilização de 18 de Maio, Dia Nacional de Luta Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Distribuição de cartazes, panfletos e adesivos nas escolas e evento cultural em Praça Pública, fazem parte da programação que tem início ainda essa semana.
 “Essas ações contribuem com o processo de alerta e conscientização para um assunto que merece atenção especial da sociedade”, disse o Prefeito Francisco Medeiros. A campanha, realizada pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Assistência Social e Habitação, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), conta com a parceria do Conselho Tutelar e dos Direitos da Criança e do Adolescente e dos mobilizadores do Selo UNICEF no Município.
O trabalho informativo, com a distribuição de cartazes e panfletos, será desenvolvido nas escolas municipais, estaduais e particulares do ensino fundamental e médio. Segundo a pedagoga do CREAS Jailsa Souza, a escolha do local refere-se à concentração do público alvo a ser atingido. “São nessas instituições que estão às crianças e os adolescentes”, explicou.
No dia 18, encerramento da campanha, haverá um grande evento na Praça de Eventos da Cidade, com apresentações culturais através de grupos de teatro, dança, música, entre outros.
O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Criaas e Adolescentes, marcado no Brasil em 18 de Maio, foi criado em 2000, através da Lei Federal N°. 9970/00. A data foi escolhida para lembrar um fato ocorrido em 1973, em que uma menina de oito anos foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e assassinada por filhos da alta sociedade de Vitória, no Espírito Santo. O caso, que comoveu todo o país, permanece impune.

Fonte: TV Seridó

PREFEITURA DE PARELHAS INICIARÁ ESTUDO PARA REALIZAR CONCURSO PÚBLICO

Em breve a Prefeitura de Parelhas iniciará um estudo para a realização de Concurso Público no Município. A decisão foi tomada na útima quinta-feira dia 06 durante reunião entre o Prefeito Francisco Medeiros e os Secretários Municipais. O levantamento de dados organizacionais para o processo seletivo deverá ser concluído até o final de Maio, quando a administração poderá definir o total de vagas e os cargos que serão oferecidos.

Fonte: TV Seridó

11 de mai de 2010

Nervosismo do mercado explica queda nas Bolsas pelo mundo

Caíram pelo menos duas fichas. Ontem estava todo mundo comemorando o tamanho do pacote de ajuda á Europa. Hoje, estão todos com medo do tamanho do pacote, porque acham que é muita emissão monetária, muito aumento de gasto dos governos. Isso reduziu, por exemplo, o valor do euro.
Uma crise nas contas públicas significa que todos os remédios que os governos vão usar – aumento de impostos e redução de gastos – são recessivos. A segunda ficha que caiu é a preocupação de que a Europa vai passar por um longo período de crescimento baixo.
Uma notícia ruim vinda da China: a inflação imobiliária subiu 12%. O governo vai ter que segurar a bolha imobiliária na China, o que vai ter reflexos nos países que são clientes do país, como o Brasil. O Brasil vende matéria-prima na área de construção para a China.
Em períodos de instabilidade é assim: um dias as Bolsas sobem, no outro caem. Já vimos isso. Sobrevivemos, mas é hora de saber que no momento o mercado está nervoso.

Fonte: G1

Bento XVI desembarca em Lisboa e deve falar sobre crise econômica

É a primeira vez que o pontífice visita o país. Bento XVI vai celebrar ainda hoje uma missa para cerca de 80 mil fiéis no centro de Lisboa.
O Papa Bento XVI desembarcou nessa manhã em Portugal para uma viagem de quatro dias. É a primeira vez que o pontífice visita o país. Bento XVI vai celebrar ainda nesta terça-feira (11) uma missa para cerca de 80 mil fiéis no centro de Lisboa. E deve falar sobre a crise econômica que castiga Portugal.

Fonte: G1

Sobram ofertas de emprego e os candidatos que ditam as regras

As vagas mais difíceis de preencher são justamente aquelas em que não se exige muita qualificação, como caixa de supermercado, pedreiro e mecânico.
Um assunto que interessa a muita gente. É comum ouvir por aí que está difícil arrumar emprego. Não em Curitiba. As vagas sobram e a procura por algumas profissões é muito baixa.
Contratar um funcionário que faça salgadinhos para agradar a freguesia tem dado trabalho ao dono de uma panificadora. O mesmo acontece com a costureira Maria Floriano. O aviso está na janela há três meses e ela não consegue a ajudante que precisa. Quem apareceu, de olho na vaga, queria ganhar mais do que Maria pode pagar.
“Eu vou ter de ir na cidade onde eu morava e pegar algum parente para trazer e me ajudar”, diz a costureira Maria Floriano.
Em uma agência da Secretaria do Trabalho, em Curitiba, cinco mil vagas estão disponíveis. Algumas, raramente procuradas. “É o salário que não atrai”, justifica um rapaz.
As vagas mais difíceis de preencher são justamente aquelas em que não se exige muita qualificação, como caixa de supermercado, pedreiro, mecânico, açougueiro. Na maioria dos casos, é o salário que não agrada. Com mais oportunidades no mercado, quem procura um emprego agora pode escolher onde quer trabalhar.
“Nós tínhamos poucas vagas e muitos trabalhadores. Hoje nós temos o inverso disso. Temos muitas vagas e ai o trabalhador está pela primeira vez na história podendo escolher onde ele vai se inserir”, explica a diretora de gestão da agência de emprego, Eliete Vieira.
Eudérico dos Anjos precisa contratar um açougueiro. Oito horas de trabalho por dia, salário de R$ 1,2 mil e a busca já dura nove meses:
“Eles não querem ter muito horário de compromisso sábado e domingo, querem mais folga, querem um salário muito bom. Então por isso que você não está encontrando a mão de obra”, enumera Eudérico.
Para não ter que preencher duas vagas, o jeito foi agradar o funcionário antigo, que ganhou uma folga a mais por semana.
“O patrão aceitou pela dificuldade que ele estava tendo de encontrar açougueiro. Então, você tem que encaixar naquilo que o empregado quer, para ele ter o empregado”, fala o funcionário Evandro Bortolin.

Fonte: G1

Técnico Dunga anuncia hoje seleção que vai para Copa do Mundo

Dunga anuncia os 23 jogadores que vão disputar o hexa na Copa do Mundo da África do Sul. Nos últimos instantes antes de sair a lista, a torcida dá os seus palpites.
São cartinhas coloridas, a letra é redondinha, mas a mensagem é direta e reta.
“Pedimos para todo mundo escrever carta para o Dunga dar uma olhada", diz uma fã do jogador.
Os fã-clubes do Fábio, jogador do Cruzeiro, resolveram se unir na véspera da convocação em um último esforço para ajudar o ídolo. Querem juntar mil cartas pedindo, implorando pela convocação do goleiro.
Terça-feira, 11 de maio, o dia mais aguardado por todos os jogadores que estiveram nas seleções montadas pelo técnico Dunga e pelos que ainda não tiveram a oportunidade de estar também.
"Chama o Ganso, Dunga, pelo amor de Deus, a seleção precisa disso", pede um torcedor.
“Se eu fosse Dunga, chamaria o Neymar”, diz um homem.
"Eu acho que os dois, Ganso e Neymar, estão jogando demais. Estão dando uma aula para os mais velhos", opina uma mineira.
São as surpresas da convocação. Jogadores que não frequentaram as últimas listas do Dunga, mas tem um monte de gente torcendo para que eles sejam chamados.
“Podem ter duas surpresas: Ronaldinho Gaúcho e Ganso”, aposta o comentarista Caio Ribeiro.
Outra categoria dessa convocação, os duvidosos, são aqueles que vinham sendo chamados pelo técnico, as pessoas acham que vão ser incluídos na lista, mas ninguém também está muito certo sobre isso.
“Não vemos outro jogador com a característica do Adriano, homem de área, forte, potente, em boa forma. Depois de 30 dias de treinamento, naturalmente, eu acho que ele volta a sua grande forma e isso vai poder ajudar muito", avalia o comentarista Junior.
É em um hotel na zona oeste do Rio de Janeiro que o técnico Dunga vai anunciar os 23 jogadores que vão disputar a Copa do Mundo. A maioria dos nomes não é surpresa. São as cartas marcadas.
Maicon, Daniel Alves, o goleiro Julio Cesar, Lucio, Juan, Robinho são os nomes que já estão na boca do povo, os trunfos, as cartas que o técnico Dunga já colocou na mesa.
Mas e o que dizem os búzios?
“As grandes estrelas já estão escolhidas. Ganso e Neymar devem ficar de fora. Com certeza não irão. As grandes estrelas já foram escolhidas", garante o mago Ubirajara Pinheiro.
As principais estrelas já estão em órbita na cabeça do treinador. Até 13h, hora da convocação, soltas na boca do torcedor.
Depois da convocação, a seleção se apresenta em 21 de maio e já começa a treinar em Curitiba. A cidade foi escolhida por causa da semelhança com o clima da África do Sul.
O Brasil deve fazer amistosos na África do Sul antes de começar a Copa.

Fonte: G1

7 de mai de 2010

DIA DO SILÊNCIO

LEI DO SILÊNCIO

LEI Nº 126, DE 10 DE MAIO DE 1977

Dispõe sobre a proteção contra a poluição sonora, estendendo, a todo o Estado do Rio de Janeiro, o disposto no Decreto-Lei nº 112, de 12 de agosto de 1969, do ex-Estado da Guanabara, com as modificações que menciona.

O Governador do Estado do Rio de Janeiro, faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

TÍTULO I

DAS PROIBIÇÕES

Art. 1º - Constitui infração, a ser punida na forma desta Lei, a produção de ruído, como tal entendido o som puro ou mistura de sons, com dois ou mais tons, capaz de prejudicar a saúde, a segurança ou o sossego público.

Art. 2º - Para os efeitos desta Lei, consideram-se prejudiciais à saúde, à segurança ou ao sossego público quaisquer ruídos que:

I - atinjam, no ambiente exterior ao recinto em que têm origem, nível sonoro superior a 85 (oitenta e cinco) decibéis, medidos no cursor C do “Medidor de Intensidade de Som”, de acordo com o método MB-268, prescrito pela Associação Brasileira de Normas Técnicas;

II - alcancem, no interior do recinto em que têm origem, níveis de sons superiores aos considerados normais pela Associação Brasileira de Normas Técnicas;

III - produzidos por buzinas, ou por pregões, anúncios ou propaganda, à viva voz, na via pública, em local considerado pela autoridade competente como “zona de silêncio”;

IV - produzidos em edifícios de apartamentos, vila e conjuntos residenciais ou comerciais, em geral por animais, instrumentos musicais ou aparelhos receptores de rádio ou televisão ou reprodutores de sons, tais como vitrolas, gravadores e similares, ou ainda de viva voz, de modo a incomodar a vizinhança, provocando o desassossego, a intranqüilidade ou desconforto;

V - provenientes de instalações mecânicas, bandas ou conjuntos musicais e de aparelhos ou instrumentos produtores ou amplificadores de som ou ruído, tais como radiolas, vitrolas, trompas, fanfarras, apitos, tímpanos, campainhas, matracas, sereias, alto-falantes, quando produzidos na via pública ou quando nela sejam ouvidos de forma incômoda;

VI - provocados por bombas, morteiros, foguetes, rojões, fogos de estampido e similares;

VII - provocados por ensaio ou exibição de escolas-de-samba ou quaisquer outras entidades similares, no período de 0 hora às 7 horas, salvo aos domingos, nos feriados e nos 30 (trinta) dias que antecedem o tríduo carnavalesco, quando o horário será livre.

TÍTULO II

DAS PERMISSÕES

Art. 4º - São permitidos – observado o disposto no art. 2º desta Lei – os ruídos que provenham:

I - de sinos de igrejas ou templos e, bem assim, de instrumentos litúrgicos utilizados no exercício de culto ou cerimônia religiosa, celebrados no recinto das respectivas sedes das associações religiosas, no período de 7 às 22 horas, exceto aos sábados e na véspera dos dias feriados e de datas religiosas de expressão popular, quando então será livre o horário;

II - de bandas-de-música nas praças e nos jardins públicos em desfiles oficiais ou religiosos;

III - de sirenes ou aparelhos semelhantes usados para assinalar o início e o fim da jornada de trabalho, desde que funcionem apenas nas zonas apropriadas, como tais reconhecidas pela autoridade competente e pelo tempo estritamente necessário;

IV - de sirenas ou aparelhos semelhantes, quando usados por batedores oficiais ou em ambulâncias ou veículos de serviço urgente, ou quando empregados para alarme e advertência, limitado o uso ao mínimo necessário;

V - de alto-falantes em praças públicas ou em outros locais permitidos pelas autoridades, durante o tríduo carnavalesco e nos 15 (quinze) dias que o antecedem, desde que destinados exclusivamente a divulgar músicas carnavalescas sem propaganda comercial;

VI - de explosivos empregados em pedreiras, rochas e demolições no período das 7 às 22 horas;

VII - de máquinas e equipamentos utilizados em construções, demolições e obras em geral, no período compreendido entre 7 e 22 horas;

VIII - de máquinas e equipamentos necessários à preparação ou conservação de logradouros públicos, no período de 7 às 22 horas.

IX - de alto-falantes utilizados para propaganda eleitoral durante a época própria, determinada pela Justiça Eleitoral, e no período compreendido entre 7 e 22 horas.

Parágrafo único – A limitação a que se referem os itens VI, VII e VIII deste artigo não se aplica quando a obra for executada em zona não residencial ou em logradouro público, nos quais o movimento intenso de veículos e, ou pedestres, durante o dias, recomende a sua realização à noite.

TÍTULO III

DAS PENALIDADES E DA SUA APLICAÇÃO

Art. 5º - Salvo quando se tratar de infração a ser punida de acordo com lei federal, o descumprimento de qualquer dos dispositivos desta Lei sujeita o infrator às penalidades estabelecidas pelo Poder Executivo.

Art. 6º - Na ocorrência de repetidas reincidências, poderá a autoridade competente determinar, a seu juízo, a apreensão ou a interdição da fonte produtora do ruído.

Art. 7º - Tratando-se de estabelecimento comercial ou industrial, a respectiva licença para localização poderá ser cassada, se as penalidades referidas nos artigos 5º e 6º desta Lei se revelarem inócuas para fazer cessar o ruído.

Art. 8º - As sanções indicadas nos artigos anteriores não exoneram o infrator das responsabilidades civis e criminais a que fique sujeito.

TÍTULO IV

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 9º - Qualquer pessoa que considerar seu sossego perturbado por sons ou ruídos não permitidos poderá solicitar ao órgão competente providências destinadas a fazê-los cessar.

Art. 10 - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Fonte: www.amecape.org.br

Datas Comemorativas 2010

05 - Dia da comunidade



05 - Dia de Rondon



05 - Dia Do Marechal Rondon



05 - Dia do Pintor



05 - Dia Nacional do Expedicionário



06 - Dia do Cartório
 
Hoje dia 07 Dia do Oftalmologista e Dia do Silêncio
 
DIA DO OFTALMOLOGISTA
 
A história da oftalmologia ocupa um lugar especial na evolução da medicina em virtude das peculiaridades do órgão da visão: a importância de sua função e o mistério de seu funcionamento fizeram com que, durante muito tempo, fossem atribuídos ao olho poderes mágicos, benfazejos ou nefastos, capazes de lançar mau-olhado ou quebranto.
Oftalmologia é a especialidade médica à qual cabem o estudo, o diagnóstico e o tratamento das doenças e lesões do olho e seus órgãos anexos.
Foi um dos primeiros ramos da medicina a ser tratado como especialidade independente.
Os antigos egípcios já estudavam o órgão da visão, mas a oftalmologia clínica começou realmente com os gregos.
Hipócrates e seus alunos estudaram minuciosamente as doenças oculares. Datam dessa época as primeiras descrições anatômicas do olho.
A oftalmologia romana foi herdeira direta da medicina grega e, particularmente, da escola de Alexandria. Entre os árabes, teve grande importância a obra “Dez tratados sobre o olho”, de Hunayn ibn Ishaq.
O oftalmologista se dedica não só aos aspectos patológicos da visão, mas também à análise de sua fisiologia.
O sistema óptico do olho pode ser equiparado, em termos físicos, a uma lente convergente capaz de projetar imagens invertidas e reduzidas dos objetos sobre a retina, membrana mais interna do globo ocular.
A correta focalização de uma imagem depende do poder de refração do cristalino, corpo transparente biconvexo que funciona como lente convergente capaz de projetar imagens invertidas e reduzidas dos objetos sobre a retina, membrana mais interna do globo ocular.
A correta focalização de uma imagem depende do poder de refração do cristalino, corpo transparente biconvexo que funciona como lente
A percepção da imagem é condicionada, por sua vez, à acomodação ocular, capacidade de curvatura do cristalino.
Tal faculdade permite fixar e focalizar sobre a retina imagens situadas a menos de seis metros. O olho dotado de tal condição é normal, ou emétrope.
A invenção do oftalmoscópio (1851), aparelho que serve para observar o interior do olho, atribuída a Hermann von Helmholtz, permitiu relacionar deficiências visuais a estados patológicos internos.
Os avanços ópticos obtidos pelo médico holandês Frans Cornelis Donders, em 1864, permitiram criar o moderno sistema de prescrição e adaptação de óculos para deficiências visuais específicas.
Existem muitas alterações, ou ametropias, que não se consideram como doenças oftálmicas porque dispensam tratamento clínico e são passíveis de correção óptica.
No olho amétrope, a imagem de um objeto se forma não exatamente no plano da retina, mas antes dele, o que caracteriza a miopia; ou depois, caso da hipermetropia.
Os dois estados correspondem, respectivamente, à dificuldade de percepção visual de objetos situados a longas e a curtas distâncias.
A variante da hipermetropia chamada presbiopia, conhecida popularmente como vista cansada, se manifesta na maturidade em decorrência da redução do poder de acomodação ocular, por causa do enfraquecimento do músculo ciliar e da pouca elasticidade do cristalino.
Outro distúrbio oftálmico comum é o astigmatismo, causado por variações no raio da curvatura dos meridianos de alguma das membranas oculares e, mais freqüentemente, da córnea.
Por essa razão, o astigmata enxerga imagens fora de foco e, principalmente, linhas nítidas apenas na direção de um dos meridianos.
Entre as discromatopsias, ou dificuldades para o discernimento de cores, figura especialmente o daltonismo, variedade de distúrbio óptico caracterizada por cegueira total ou parcial para algumas cores, como o vermelho e o verde.

Fonte: Encyclopedia Britannica do Brasil

3 de mai de 2010

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Dia 3 de maio é o dia consagrado mundialmente pela Unesco para que se comemore a Líberdade de Imprensa. É um dia também para se fazer uma reflexão sobre esta liberdade, a liberdade de expressão e a liberdade dos jornalistas exercerem livremente sua profissão. No Peru a data está sendo marcada por estatísticas bem sangrentas. Segundo a Associação Nacional de Periodistas do Peru - ANP, em apenas 120 dias foram registrados, naquele país, 72 atentados a jornalistas.

Quero desejar a todos um ótimo dia.
Dia do Parlamento
Dia do Sol
Dia do Sertanejo

Histórico do Dia do Sertanejo

Tudo começou em 1964. Os violeiros que vinham a Aparecida em caravana participavam pelo menos uma vez por ano de uma missa.
Foi então que Geraldo Meireles, já bastante respeitado no meio sertanejo, convidou a dupla Tonico e Tinoco e mais alguns artistas “caipiras” propondo que aqui fosse criado um dia que fosse especial para os artistas sertanejos. Procuraram uma data que fosse mais conveniente para que todos pudessem comparecer, sendo escolhido o dia 03 de maio como o “Dia do Sertanejo”.
A idéia foi repassada para a direção da Rádio Aparecida, que aprovou e deu o seu apoio. Na época o diretor da Rádio Aparecida era o Pe. Ruben Leme Galvão.
Desde então todo dia 03 de maio, Aparecida passou a ser o ponto de encontro dos artistas que fazem música sertaneja, e de seu público, o homem do campo e da cidade que tem raízes no campo, como quase todo brasileiro.
Muitas duplas já se apresentaram no show do Dia do Sertanejo da Rádio Aparecida. Alguns artistas já consagrados no seu meio ar como Liu e Léu, Irmãs Galvão, Cascatinha e Inhana, Pedro Bento e Zé da Estrada, Zico e Zeca, Tião Carreiro e Pardinho, Nestor e Nestorzinho, Silveira e Silveirinha, Tonico e Tinoco e muitos outros por aqui passaram.
Outros por aqui passaram no início de sua carreira. São nomes de duplas e cantores que depois seriam populares no mundo sertanejo, como Sérgio Reis, Zezé di Camargo, Leandro e Leonardo, João Paulo e Daniel, Chitãozinho e Xororó, Guilherme e Santiago, Bruno e Marrone, Rionegro e Solimões, Nalva Aguiar, Gino e Geno, Donizete e outros.
Hoje a música sertaneja ganhou outros ritmos e outras dimensões, falando – se muito do Sertanejo Universitário, mas Aparecida continua sendo, especialmente no dia 03 de maio, a Casa do Homem sertanejo. Aqui, em cores novas ou antigas está a raiz do sertão!

2 de mai de 2010

Dia do Taquígrafo e do Ex-combatente

Desejo a todos os Taquígrafos e Taquígrafas e Ex-combatentes um dia muito feliz e cheio de realizações que este dia seja repleto de alegria e paz, Feliz dia do Taquígrafo(a) e Feliz dia do Ex-combatente.

Parelhas - RN




Fonte: TV Seridó

1 de mai de 2010

Às Mães

Obrigado Senhor!

 
Obrigado , Senhor , pela mãe que você me deu ...

... por todas as Mães do mundo

... pelas mães brancas , de pele alvinha ...

... pelas pardas , morenas ou bem pretinhas ...

... pelas ricas e pelas pobrezinhas ...

... pelas mães - titias , pelas mães -vovós , pelas madrastas -mães ,

... pelas professoras - mães ...

... pela mãe que embala ao colo o filho que não é seu ...

... pela saudade querida da mãe que já partiu ...

... pelo amor latente em todas as mulheres , que

desperta ao sentir desabrochar em si uma nova vida ...

... pelo amor , maravilhoso amor que une mães e filhos ...

Eu lhe agradeço , Senhor !

 
Autor desconhecido
 

Atualmente

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

.